Artigos Recentes

Tags

A História da Telemedicina no Brasil

A busca por Telemedicina aumentou repentinamente, assim como a Pandemia do Coronavírus chegou. Com o confinamento, muitos consultórios e clínicas diminuíram o atendimento. Mas quem saiu na frente com Agendamento de Consulta Online, Central de Atendimento Digital, Laudos Online saíram na frente e conseguiram manter o atendimento. Entenda a Evolução e como mudamos rápido do Atendimento presencial pra Telemedicina. Veja no Gráfico na imagem extraída do Google Trends, mostra o aumento repentino pelo tema no Brasil.



A História da Telemedicina começa com a evolução das Tecnologias como Computador e as Redes de Internet.

Os Computadores

Em 1834, foi construído o primeiro computador mecânico programável, na Inglaterra, por Charles Babage. Um século depois, em 1941, Konrad Zuse (alemão), desenvolveu o primeiro computador eletrônico controlado por programa (Z3). Uns vinte anos depois em 1962 os Americanos que criaram o Eniac, um gigantesco computador que funcionava a base de válvulas que queimavam toda hora. Foi aposentado em 1962. Pois o em 1960 Jonh Von Neumann (húngaro), matemático criador do conceito da “memória” do computador. Entre os anos de 1960 a 1970 - Surgiram os computadores pessoais, de 1960 a 1970, que começaram a ser comercializados em 1977. Com o passar dos anos, os computadores foram aperfeiçoados no que diz respeito à memória, aos programas e aos acessórios. E hoje temos em nossas mãos máquinas já com Inteligência Artificial, que podem até auxiliar nos diagnósticos médicos.


As Redes

Paralelamente a evolução dos Computadores vieram as Redes de Internet. As primeiras redes eram usadas para fins militares (ligavam radares). A mãe de todas as redes era a ARPANET (Advanced Research Projects Agency Network), que ligava a Universidade de Los Angeles com Stanford (Califórnia) e centros militares. Era uma rede segura, não tinha um centro, e foi criada com a finalidade de proteger interesses americanos de defesa, na época da Guerra Fria com a União Soviética. Tim Berners Lee, inglês que trabalhava no Centro Europeu de Pesquisas Nucleares na Suíça, inventou a Internet, a partir de ideias da ARPANET. Com o surgimento do computador e da Internet, surge a Telemedicina propriamente dita. Duas áreas dão grande impulso à Telemedicina: exploração espacial (NASA) e todos os ministérios de defesa (áreas militares do mundo). As décadas de 60 e 70 são os marcos de progresso da Telemedicina.


A Telemedicina


Em 1967, o Hospital Geral de Massachusetts foi ligado ao aeroporto da cidade de Boston, com o objetivo de atender qualquer emergência que ocorresse no aeroporto a partir do Hospital. O Hospital recebia as informações básicas daquela pessoa, sendo acionada a ambulância de fosse caso grave. Esse foi um marco importante na história da Telemedicina. A partir desse fato, ocorreram outras experiências isoladas


A Telemedicina foi a especialidade médica que mais cresceu no mundo. Embora a Telemedicina tenha raízes profundas, a sua realidade tem pouco mais de 20 anos e está modificando o cotidiano de profissionais da saúde e de pacientes.


O uso é desigual no globo: há nações que desconhecem totalmente e outras que dependem completamente da Telemedicina. Por exemplo, o Canadá e os Estados Unidos disparam no uso da Telemedicina, assim como alguns países europeus como Inglaterra, Alemanha, França e Escandinávia. Na Ásia seriam Japão, Coreia e Singapura. Na África, por sua vez, há países que nunca ouviram falar, assim como lugares na Ásia e Oceania, exceto Nova Zelândia e Austrália (número um em telepsicologia no mundo). A Groelândia depende totalmente da Telemedicina, dirigida a partir da Dinamarca.


A Telemedicina no Brasil


Qui,22 de Agosto de 2002

O Conselho Federal de Medicina aprovou em sua reunião plenária de 7 de agosto, realizada em Brasília, a resolução que fixa responsabilidades e normas éticas na utilização da telemedicina no país. Seguindo as recomendações da Organização Mundial de Saúde e afinada com o entendimento das Associações Médica Mundial e Brasileira.

https://portal.cfm.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=1087:&catid=3


Dom, 03 de Fevereiro de 2019

Os médicos brasileiros poderão realizar consultas online, assim como telecirurgias e telediagnóstico, entre outras formas de atendimento médico à distância. É o que estabelece a Resolução do Conselho Federal de Medicina (CFM) nº 2.227/18, que será publicada nesta semana.

http://www.portal.cfm.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=28061


Qui, 19 de Março de 2020

O Conselho Federal de Medicina (CFM) encaminhou na quinta-feira (19) ofício ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, onde informa sua decisão de reconhecer a possibilidade e a eticidade de uso da telemedicina no País, além do que está estabelecido na Resolução CFM nº 1.643/2002, que continua em vigor. A decisão vale em caráter excepcional e enquanto durar o combate à pandemia de COVID-19.

https://portal.cfm.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=28636:2020-03-19-23-35-42&catid=3

whatsapp.jpeg
  • Facebook ícone social
  • Google+ ícone social
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social

Desenvolvido por MMD CNPJ: 33.602.877/0001-01 | © Copyright 2019 - Todos os direitos reservados.

  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social
  • Google+ ícone social